Segunda, 19 de Agosto de 2019
Policia em Ação
Preso idoso suspeito de estuprar mulheres após falsa oferta de emprego na internet
Imagem: Reprodução
Publicado em 10/08/2019

Foi preso nesta sexta-feira (9/8), por equipes da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) de Periperi, o falso advogado Edson Santos Rocha, de 66 anos. Ele é suspeito de estuprar mulheres após atraí-las, pela internet, com falsas ofertas de trabalho. Ações de inteligência comprovaram que o idoso atacava as vítimas e também praticava chantagem contra as contratadas.

O caso é investigado desde fevereiro deste ano, depois que uma das vítimas relatou ter sido agarrada durante a entrevista de emprego. Hoje, no momento da prisão, Edson voltava de um almoço com duas funcionárias, ambas com 16 anos. Uma terceira jovem, de 18 anos, também foi encontrada no local onde funcionava o escritório “Advogados e Consultores”.

Na sala e na residência de Edson – em Villas do Atlântico, Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador (RMS) – os policiais civis apreenderam celulares, computadores, pen drives e documentos.




CRIMES
Conforme a titular da Deam de Periperi, delegada Simone Moutinho, Edson anunciava as vagas de emprego no site OLX, marcava com as vítimas no prédio empresarial e, durante as entrevistas, cometia os abusos sexuais. Ela explicou, ainda, que as mulheres eram ameaçadas.

As três funcionárias do falso advogado recebiam apenas 500 reais por mês como salário e o dinheiro do transporte. A delegada Simone Moutinho informou também que o criminoso será indiciado por estupro, redução a condição análoga de escravo, corrupção de menores e ameaça.

“Todo o material recolhido será encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) e Edson seguirá para o sistema prisional”, concluiu a delegada.

OLX
Por meio de nota ao Aratu On, a assessoria de imprensa do site OLX afirmou que “repudia e lamenta profundamente este fato”, e que colaborou com as autoridades públicas na apuração do caso, além de terem adotado “novas medidas de segurança na plataforma para evitar este tipo de acontecimento”.

Por: Aratu Online
Comentários
veja também
Rede News Online 2011 - 2019 © Todos os direitos reservados