Terça, 11 de Agosto de 2020
Fique sabendo!
Caso suspeito de coronavírus em Acajutiba é descartado
Imagem: Reprodução
Publicado em 25/03/2020

Com o resultado negativo, o primeiro caso suspeito de coronavírus em Acajutiba é descartado. O homem que retornou recentemente de uma viagem em São Paulo, apresentava sintomas suspeitos da doença causada pelo novo coronavírus, foi a primeira pessoa notificada em Acajutiba para o Covid-19, resultado descartado nesta quarta-feira (25/03).

Sendo assim, Acajutiba segue sem nenhum registro de infecção até o momento, porém 12 (doze) casos suspeitos da doença foram notificados na cidade, destes, 02 (dois) casos seguem em investigação, os demais casos estão em isolamento domiciliar.

O exame foi coletado por técnicos capacitados do Hospital Waldir Pires em Acajutiba e encaminhados para o Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA).

Para evitar que Acajutiba seja atingida pela Covid-19, a prefeitura tem realizado diversas ações, dentre elas o fechamento das escolas, como também de grande parte do comércio local, também foram instaladas barreiras sanitárias nos acessos à cidade. Um disk saúde foi disponibilizado para a sociedade, a população de Acajutiba deve ligar para os números: (75) 3434-2366 ou (75) 9 9982-8387 com atendimento todos os dias, das 8h às 16h.

Fique Sabendo!

Qual é a definição de caso notificado?
Caso comunicado no sistema de monitoramento do Ministério da Saúde, abastecido diretamente pelas prefeituras. Pacientes com febre e pelo menos um sintoma respiratório, como tosse, dificuldade para respirar.
Além disso, é necessário histórico de viagem em área de transmissão local, de acordo com a OMS ou Ministério da Saúde, nos últimos 14 dias anteriormente ao aparecimento de sintomas.

Qual é a definição de caso suspeito?
Caso comunicado no sistema do Ministério da Saúde que se enquadra na definição estabelecida pela OMS. Lembrando: pacientes que apresentam sintomas respiratórios, como febre e tosse e viajaram para a China ou país com transmissão no território; pacientes que tiveram contato com alguém que viajou para este(s) destino (s) ou teve contato com um caso suspeito ou confirmado.

O que é o “comunicante” de um caso confirmado?
Comunicantes próximos são familiares, profissionais de saúde que tenham prestado atendimento desprotegidos e pessoas que possam ter tido contato próximo com o caso confirmado para COVID-19.
Os comunicantes não são considerados casos suspeitos se não apresentarem febre associada a sintomas respiratórios como tosse, coriza ou dificuldade para respirar.

Qual é a definição de caso provável?
Caso comunicado no sistema do Ministério da Saúde que se enquadra nas definições estabelecidas pela OMS, mas apresentou resultados não conclusivos para os exames realizados. Nesse caso, os laboratórios de referência farão reanálise.

Qual é a definição de caso confirmado?
Caso comunicado no sistema do Ministério da Saúde que se enquadra nas definições estabelecida pela OMS, e apresentou resultados conclusivos para os exames realizados, com positividade para o novo coronavírus.

Qual é a definição de caso descartado?
Caso comunicado no sistema do Ministério da Saúde que se enquadra nas definições estabelecidas pela OMS, mas deu negativo para o novo coronavírus.

Qual é a definição de caso excluído?
Caso comunicado no sistema do Ministério da Saúde que se não se enquadrou nas definições estabelecidas pela OMS.

Por que é importante o município fazer a notificação dentro de 24 horas? Quais providências o profissional deve adotar?
A notificação é importante para que os gestores de saúde realizem o monitoramento e as ações recomendadas, como coleta adequada de amostras para diagnóstico.
O COVID-19 é de notificação compulsória imediata, ou seja, qualquer caso suspeito e/ou confirmado precisa ser registrado no sistema oficial do Ministério da Saúde.


Não divulgue conteúdos que não tenham sido produzidos por fontes confiáveis. Evite a disseminação de fake news.(SES-SP)


Por: A.V.CRUZ/ A.S.M Jornalista DRT-BA Nº 5604-Acajutiba News
Comentários
veja também
Rede News Online 2011 - 2020 © Todos os direitos reservados