Domingo, 12 de Julho de 2020
Em Salvador
"A gente pode morrer por causa de vocês", desabafa colega de agente de endemias vítima da Covid-19
Imagem: Reprodução
Publicado em 27/05/2020

Uma agente de endemias de Salvador fez um desabafo emocionado depois da morte de um colega que estava com coronavírus. Jacome Eduardo Brito, 55 anos, ficou 11 dias internado em um hospital da capital, mas não resistiu.

Marizete Pires divulgou um vídeo em rede social, onde faz um apelo para que as pessoas fiquem em casa e colaborem com o isolamento, medida mais eficaz para evitar a proliferação do coronavírus.

"A Covid-19 tirou a vida de um colega nosso. Já tinha 15 dias internado e agora se foi. E eu pergunto, gente: 'Onde nós vamos parar? O que vai acontecer com a gente?' Porque a gente está pedindo tanto à comunidade: 'Fique em casa, se isole'", disse ela emocionada.

"A gente está em linha de frente e a gente pode morrer por causa de vocês"
Marizete, que também é agente de endemias, está na linha de frente do combate ao coronavírus.

"O que é que acontece? A gente acaba perdendo vidas e muitas pessoas nem aí para a gente. Eu precisava falar isso porque está doendo muito saber que nossos colegas estão morrendo. Morrendo de várias formas. Morrendo por falta de valorização, por falta de respeito, por falta de consideração. Não está certo isso. Por favor, fiquem em casa”, pediu ela.

Jacome estava internado desde 15 de maio no Hospital Teresa de Lisieux, unidade de saúde particular da capital baiana, e morreu na terça-feira (26). Ele, que era asmático, trabalhava desde 2008 no distrito sanitário de Itapagipe.

De acordo com o Sindicato de Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate as Endemias da Bahia (Sindacs), essa é a primeira morte entre os agentes, em Salvador, por causa do coronavírus. Jacome era casado e deixa a esposa grávida.

Por: G1-BA
Comentários
veja também
Rede News Online 2011 - 2020 © Todos os direitos reservados