Sábado, 19 de Setembro de 2020
Coronavírus
Covid-19: 40 novos casos são confirmados em Alagoinhas; total chega 991
Imagem: Reprodução
Publicado em 16/07/2020

A Secretaria Municipal de Saúde (SESAU) divulgou nesta quinta-feira (16), mais um boletim diário com informações sobre a situação epidemiológica do novo coronavírus em Alagoinhas.

Hoje, segundo dados da Vigilância, 20 homens e 20 mulheres tiveram o diagnóstico confirmado para coronavírus. Com a atualização, o município registra 991 pessoas identificadas com COVID-19, das quais 765 tiveram recuperação constatada, de acordo com as equipes de saúde. Isso significa que mais de 77% dos munícipes que testaram positivo para coronavírus apresentaram alta e não transmitem mais o vírus.

A SESAU informou ainda mais 2 óbitos em decorrência da doença infecciosa viral respiratória, sendo um paciente de 61 anos, que estava internado no Hospital Regional Dantas Bião, cujo óbito ocorreu este mês e foi atualizado hoje, pelo estado, no sistema, e uma paciente de 35 anos, do sexo feminino, que havia sido transferida para Salvador, onde evoluiu a óbito, no último dia 14 de julho.

No somatório entre todas as pessoas que tiveram diagnóstico conclusivo para COVID-19, subtraídos os óbitos e recuperações, Alagoinhas chega a 202 casos ativos da doença, ou seja, os índices mostram que, em média, a cada 5 pessoas identificadas com coronavírus, na cidade, apenas uma ainda pode transmitir o SARS-CoV-2 e, por isso, esses munícipes devem permanecer em isolamento.

Os dados atualizados pela Vigilância revelam ainda que, entre as pessoas que tiveram diagnóstico positivo para COVID-19, 16 seguem internadas: 2 no Hospital das Clínicas de Alagoinhas (HCA), 1 no Ernesto Simões, 3 no Hospital do Subúrbio, 1 no Hospital Português, 1 no Hospital de Campanha da Fonte Nova, 4 no Hospital Espanhol, 1 no Hospital da Bahia, 1 no Medtower, 1 no Aliança e 1 no Hospital da Sagrada Família.

No que se refere aos casos descartados para coronavírus, a SESAU comunicou que 1.617 munícipes testaram negativo para COVID-19, e mais 1.764 foram excluídos do monitoramento por critério de investigação clínico-epidemiológica.

Por: Alta Pressão
Comentários
veja também
Rede News Online 2011 - 2020 © Todos os direitos reservados