Domingo, 19 de Novembro de 2017
POLÍCIA
Edílson “Capetinha” deixa presídio de Salvador após decisão judicial
Imagem: Reprodução
Publicado em 18/08/2017

O ex-jogador de futebol Edílson “Capetinha” foi libertado da prisão nesta sexta-feira (18/8). Ele tinha sido detido na terça-feira (15/8) por falta de pagamento de pensão alimentícia.

A Justiça concedeu a liberdade ao ex-atleta depois de o advogado propor um acordo para o pagamento da dívida. Os detalhes do acerto não foram divulgados. Edílson chegou a ficar um dia custodiado no Complexo Penitenciário Lemos de Brito após transferência da sede da Polícia Interestadual (Polinter).

HISTÓRICO

Edílson já foi preso pelo mesmo crime em 2014 e 2016. Da primeira vez, ele foi localizado durante uma blitz na Avenida Anita Garibaldi. Dois anos mais tarde ele foi detido no aeroporto de Brasília. Naquela oportunidade, ele ficou dez dias preso e foi liberado depois de pagar parcelas da pensão alimentícia.

Já em 2015, o ex-jogador foi preso por fraudes na Caixa Econômica Federal. Segundo as investigações, no ano anterior, cerca de R$ 60 milhões foram desviados em benefícios dos participantes da quadrilha.

Os investigadores constataram que o esquema criminoso contava com a ajuda de correntistas do banco, que eram escolhidos por movimentarem grandes volumes financeiros e que foram usados para recrutar gerentes da Caixa para serem utilizados na fraude. Dentre esses correntistas, estava Edílson.

Por: Redação Aratu
Comentários
veja também
Rede News Online 2011 - 2017 © Todos os direitos reservados - 20 usuários online - Páginas visitadas hoje: 5461