Domingo, 19 de Novembro de 2017
Prisão domiciliar
Após pagar fiança de R$ 93 mil, Gustavo Ferraz será solto de penitenciária
Imagem: Reprodução
Publicado em 19/10/2017

Após uma decisão do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), o ex-diretor-geral da Defesa Civil de Salvador (Codesal), Gustavo Ferraz, será solto do presídio da Papuda, em Brasília.

Com a determinação de Fachin, Ferraz irá cumprir prisão domiciliar, contudo, está proibido de usar telefone, internet, exercer função pública e ainda terá que usar tornozeleira eletrônica e pagar uma fiança de R$ 93.700.

O ex-diretor-geral foi detido no início de setembro deste ano após suas digitais terem sido encontradas nas notas de dinheiro que estavam no apartamento do bairro da Graça, em Salvador. O imóvel foi emprestado ao ex-ministro Geddel Vieira Lima, que também foi preso na ocasião.

Ferraz já havia solicitado outros pedidos de liberdade, contudo, todos foram negados. Em uma das ocasiões, por exemplo, o ministro Rogerio Schietti Cruz, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), alegou que possuía detalhes do possível envolvimento que o ex-diretor-geral com a ‘operação’ para esconder a quantia de R$ 51 milhões.

Por: Varela Notícias
Comentários
veja também
Rede News Online 2011 - 2017 © Todos os direitos reservados - 13 usuários online - Páginas visitadas hoje: 5320