Sábado, 18 de Agosto de 2018
Perigos na estrada
Animais na pista colocam em risco motoristas que trafegam pela BA-233 em Acajutiba
Imagem: Acajutiba News
Publicado em 16/04/2018

Mesmo com o constante risco de acidentes envolvendo veículos e animais, o Portal Acajutiba News tem flagrado constanteme no trecho da BA-233 principal via de acesso a BR-101 e o município de Acajutiba cenas de uma tragédia anunciada.A situação não é novidade e o risco é constante, animais de grande porte, tais como: jegues e cavalos e outros, cruzam a rodovia ou ficam pastando às margens da estrada . Segundo especialistas a recomendação é que em caso de haver um animal de grande porte na estrada, o motorista deve desacelerar e frear levemente, a fim de desviar do animal, o risco é ainda maior a noite e para os motociclistas a lamentável possibilidade de graves acidentes é bem maior.



Segundo Especialistas

Deixar animais soltos na pista, além de ser um ato irresponsável, também é crime previsto no Código de Trânsito Brasileiro (CTB). O proprietário do animal é responsável pelos prejuízos causados ao veículo, mas dificilmente paga porque o dono nunca aparece. Para a maioria dos proprietários é melhor arcar com o prejuízo do animal morto do que ter que pagar pelos danos no veículo.(SANTANA & GOMES, 2006).

De acordo com o artigo 31 do Decreto Lei 3.688, que trata sobre “Omissão de cautela na guarda ou condução de animais”, a pena prevista para esses casos variam de 10 dias a 2 meses de prisão, mais o pagamento de multa. Sanções penais também podem aumentar caso o acidente, além de danos materiais, deixar vítimas com lesões ou até fatal. Nesses casos o dono do animal pode responder ainda por lesão corporal culposa ou até homicídio culposo, crime previsto no Código Penal Brasileiro. (ARAÚJO, 2010).

Por: A.S.M Jornalista DRT-BA Nº 5604-Acajutiba News
Comentários
veja também
Rede News Online 2011 - 2018 © Todos os direitos reservados - 39 usuários online - Páginas visitadas hoje: 15642