Quarta, 26 de Setembro de 2018
demissão
Alinne Prado quebra silêncio e diz que foi demitida da TV Globo por ser negra
Imagem: Reprodução
Publicado em 20/07/2018

A jornalista Alinne Prado falou pela primeira vez sobre sua saída da TV Globo, onde apresentava o “Vídeo Show”, e disse que sua demissão está associada à cor de sua pele. Em sua rede social, ela fez o desabafo.

“São as chibatadas contemporâneas. Não nos deixam ocupar a sala da casa grande, por mais qualificados que sejamos”, disse a morena.

“Apesar de ser a primeira negra a sentar na bancada do programa, fui demitida sob a justificativa de que, apesar de gostarem muito do meu trabalho, precisavam de alguém mais ‘neutro’ (sic) do que eu. E como estavam passando por uma crise, eles precisavam enxugar o quadro de repórteres (que depois da minha saída aumentou). Nunca falei disso publicamente, mas me dói demais ver isso acontecer”, falou.

Alinne acrescentou que não tem nada contra as apresentadoras que hoje estão em seu lugar. “Não é nada contra as meninas do Vídeo Show. É contra a colonização do nosso imaginário. Só podemos aparecer na TV se for em situação de subserviência e sofrimento. E sempre como cota. É contra acharmos que não existe racismo. Que tudo isso é mimimi. Enquanto os não negros cruzarem os braços e fecharem seus olhos para isso, continuaremos a ser amordaçados, chicoteados, invizibilizados e mortos. Precisamos de aliados nessa luta. Precisamos de você”, completou.

Em nota ao site “NTV”, a Globo negou as acusações: “A trajetória de Alinne Prado na Globo por si só mostra que essa acusação não procede. Durante seis anos, Alinne Prado passou por quatro programas na Globo. E em todos pôde atuar em diferentes funções, como repórter ou apresentador”.

Por: Varela Notícias
Comentários
veja também
Rede News Online 2011 - 2018 © Todos os direitos reservados - 21 usuários online - Páginas visitadas hoje: 3376